Redes Sociais

Taça de Portugal

“Achei a equipa fantástica a todos os níveis”

Foto: Facebook de SC Braga

Declarações após o jogo em que o SC Braga venceu, no prolongamento, o Vitória de Setúbal, 1-0, em partida dos oitavos de final da Taça de Portugal, disputada no Estádio do Bonfim, em Setúbal:

Abel Ferreira (treinador do SC Braga): “Estava extremamente confiante para este jogo pela forma como trabalhamos todos os dias. O grande desafio era sermos iguais a nós próprios. Sabíamos das dificuldades que o Vitória nos ia causar.

No cômputo geral, ganhou a melhor equipa, a que mais quis e a que foi mais audaz e sábia. Deixei uma mensagem de confiança aos jogadores depois dos 90 minutos.

Fomos buscar espírito de superação e demos uma resposta fantástica, mesmo com menos um em campo. Foi uma vitória justa.

[Prolongamento pode pesar para domingo?] Achei a equipa fantástica a todos os níveis, fomos uma verdadeira equipa. Fomos o nosso espelho como tínhamos de ser num jogo a eliminar como este.

[Acredita que pode ter uma época histórica no final?] Acredito na minha equipa. O futuro é o aqui e agora. Vamos continuar a ter a mesma postura.”

Foto: Twitter de Vitória Futebol Clube – Oficial / Arquivo

Lito Vidigal (treinador do Vitória de Setúbal): “[Sentimento de injustiça?] Não vejo as coisas dessa forma, mas tenho a certeza que fomos superiores ao Braga. Fomos melhores, criámos mais oportunidades e fomos muito mais intensos, mas faltou-nos concretizar três ou quatro oportunidades das oito ou nove que tivemos frente a uma equipa forte e com um bom treinador.

Os vitorianos, mesmo num dia chuvoso, estiveram presentes. A equipa merece este apoio dos adeptos. Os jogadores são abnegados, trabalham muito e os vitorianos reconhecem isso. A equipa reflete a cultura e mentalidade dos vitorianos.

[O que faltou para vencer?] O Braga foi inteligente e sábio. De forma sábia, o guarda redes perdeu tempo. No tempo de compensação, eram cinco minutos e, de forma sábia, passou tempo no chão. Se fosse o Vitória a fazer isso era antijogo, mas assim são sábios.

O Braga foi o que pensávamos. Fomos superiores frente a uma equipa que é muito forte. Teve no Dragão a única derrota [1-0 com o FC Porto] e, se calhar, criou mais oportunidades do que aqui connosco.”

Comentar

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais Taça de Portugal