Redes Sociais

Atletismo

Época de transferências no atletismo fecha com surpresa no SC Braga

Foto: COP / Divulgação

Ricardo Ribas, atleta que representou o Benfica nos últimos cinco anos, mudou-se para o SC Braga, consumando a ‘supresa’ do último dia de transferências, em mais uma saída de atletas do meio-fundo da equipa ‘encarnada’.

O internacional português, de 41 anos, atleta olímpico no Rio2016, terminava o seu contrato com o clube da Luz e acabou mesmo por sair.

Ricardo Ribas é treinador de vários atletas, como Silvana Dias, que também trocou o Benfica pelo clube minhoto.

As transferências terminaram às 23:59 horas de quarta-feira, sendo feitas na plataforma de inscrições da Federação Portuguesa de Atletismo, e as associações regionais só depois divulgarão as listas completas.

A equipa do SC Braga, que este ano regressou ao mais alto nível, manteve muitos dos seus atletas (especialmente a sua ‘joia’ Mariana Machado), e reforçou-se com a marchadora olímpica Daniela Cardoso (ex-individual) e com a fundista Silvana Dias (ex-Benfica), enquanto a equipa masculina recebe o fundista Davide Silva (ex-Campismo S. João da Madeira).

Ainda no que respeita ao SC Braga, regista-se o ingresso da fundista Sónia Ferreira (ex-Várzea) e a saída da internacional de provas combinadas, Rafaela Vitorino, que reforça o G.A. Fátima.

Benfica e Sporting no epicentro das transferências no atletismo

A mudança de Lecabela Quaresma para o Benfica e de Tiago Pereira para o Sporting são dois dos movimentos mais sonantes no período das transferências do atletismo, que termina hoje.

A líder nas provas combinadas, além de ser terceira no triplo salto, trocou o Juventude Vidigalense pelo Benfica (onde esteve em 2015 e 2016), sendo acompanhada pela lançadora Eliana Bandeira (segunda no ‘ranking’ nacional do peso).

As ‘águias’ recebem ainda as jovens Carla Reis (meio-fundo), Catarina Lourenço e Fatoumatta Dialo (velocidade).

Para a equipa masculina, vindo do Sporting, estará o meio-fundista Nuno Lopes e o saltador Francisco Barreto, registando-se o regresso à Luz de Samuel Remédios, proveniente do Juventude Vidigalense, enquanto a equipa sub-20, que se sagrou campeã europeia, recebe o jovem internacional Etson Barros (meio-fundo), proveniente do Pechão.

Já o Sporting voltou a abrir as suas portas a vários atletas do seu principal rival, destacando-se o saltador Tiago Pereira, que no final da época passada competiu como individual em litígio com o clube.

Da Luz para Alvalade, seguem ainda Eduardo Mbengani e Hugo Ganchas (meio-fundo) e os lançadores Rodolfo Garcia e Ruben Antunes, que se juntarão a muitos jovens, líderes dos ‘rankings’ de juniores e juvenis, provenientes de clubes de todo o país.

Também regressou a Alvalade o velocista Pedro Bernardo, que fez parte da sua formação no Sporting, e que estava no Juventude Vidigalense.

A equipa feminina do Sporting vai receber a cubana Yariadmis Argueles, proveniente do Benfica, e ainda as mais jovens Beatriz Andrade (vinda do Torreense), Juliana Guerreiro (400 e 400 m barreiras), vinda da Casa do Benfica de Faro, entre outras.

Do Benfica saíram ainda outros atletas, como os fundistas Hermano Ferreira (vai para a Escola de Atletismo de Coimbra) e Sérgio Dias (sem clube), e o lançador Jorge Grave (assinou pelo Jardim da Serra, na Madeira).

Comentar

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais Atletismo