Redes Sociais

Canoagem

Hélio Lucas, o pai do ‘boom’ da canoagem, é Treinador do Ano em Portugal: “É um sonho”

Foto: Facebook de Hélio Lucas Araújo

O limiano Hélio Lucas Araújo, treinador de Fernando Pimenta e da equipa feminina da Seleção Nacional de canoagem, foi esta quarta-feira à noite distinguido como Treinador do Ano, pela Confederação do Desporto de Portugal (CDP), prémio que conquista pela segunda vez consecutiva.

O técnico de 45 anos, que se destaca por ser o maior responsável pela hegemonia nacional construída Clube Náutico de Ponte de Lima e, claro, por ser o treinador do superatleta Fernando Pimenta, medalha de prata nos Jogos Olímpicos de 2012 (em K2), na hora de agradecer o prémio, partilhou o mérito com os atletas que orienta na seleção nacional.

“Ver premiado o nosso trabalho pelo segundo ano consecutivo é um sonho. Saio daqui com vontade de fazer mais, porque cada vez sinto que temos atletas mais motivados, temos mais reconhecimento e maior apoio. Resta-nos trabalhar porque Tóquio está já aí”, atirou o selecionador nacional de canoagem, que na votação suplantou Jorge Braz, selecionador nacional de futsal, Paulo Barrigana, do atletismo, Gabriel Mendes, do ciclismo, e Rui Filipe Alecrim, treinador de atletismo para pessoas com deficiência.

A equipa nacional de K2 feminina, com a canoísta Teresa Portela, de Esposende, que é orientada, precisamente, pelo treinador de Ponte de Lima, foi distinguida como a Equipa do ano, superando a equipa de atletismo do Sporting, a seleção nacional de futsal Síndrome Down, a seleção universitária de futsal feminina e a seleção nacional de sub19 masculina.

Fernando Pimenta, que em 2018 se sagrou campeão do mundo e bicampeão da Europa em K1 1000 metros, estava nomeado para o prémio Atleta do Ano, assim como o vimaranense João Sousa (primeiro português a vencer o Estoril Open), mas foi ultrapassado na votação pelo piloto Miguel Oliveira, que na última época se sagrou vice-campeão mundial de Moto2 e este ano vai ser o primeiro português a competir em MotoGP. Nélson Évora, do atletismo, e Ivo Oliveira, do ciclismo, eram os outros dois candidatos.

Na gala da CDP, a bracarense Mariana Machado foi a vencedora do prémio Jovem Promessa do Ano e a Câmara Municipal de Braga recebeu o Prémio Alto Prestígio, no âmbito do “Desporto para Todos”, da Cidade Europeia do Desporto 2018.

Comentar

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais Canoagem