Redes Sociais

I Liga

Nova expulsão de Abel: “Sou de carne e osso, como vocês, erro e acerto como vocês”

Declarações no final do encontro SC Braga-Vitória de Setúbal (2-1), da nona jornada da I Liga portuguesa de futebol:

– Abel Ferreira (treinador do SC Braga): “Foi um jogo extremamente difícil, mas uma vitória inteiramente justa.

Criámos as oportunidades suficientes, num jogo muito bem conseguido, em que a equipa trabalhou muito.

O futebol é mágico por essa incerteza (do resultado) e não jogamos sozinhos. O Braga não joga contra ninguém, respeita muito os adversários e sabe lidar a cada momento do jogo com o que ele está a pedir.

Entrámos muito fortes no jogo. A ideia era marcar cedo, o que conseguimos, mas o Vitória marcou logo a seguir, num lance que é precedido de uma infelicidade de um jogador nosso. Este era um jogo de dinâmica e paciência: vejam as oportunidades que o Vitória concede aos adversários e vejam quantas nós criámos.

Fizemos o jogo certo. Depois, tivemos que meter o Palhinha para o jogo direto do adversário, tivemos que nos defender e saber defender também é jogar bem.

(São jogos como este que fazem um candidato ao título?) São jogos como estes que nos permitem crescer e melhorar. Cada adversário cria constrangimentos diferentes. Digo aos nossos jogadores que acreditem no nosso trabalho e no que fazemos. Dá-nos muito trabalho fazer o plano de jogo para esmiuçar ao pormenor os adversários.

(Sobre nova expulsão) Sou de carne e osso, como vocês, erro e acerto como vocês. Não era falta, o Wilson Eduardo roubou a bola e a única coisa que fiz foi dar um murro no vidro do banco, tudo o que não seja isto é falso, e por isso fui expulso”.

– Lito Vidigal (treinador do Vitória de Setúbal): “Frustração? Claro que sim. Foi um jogo muito rico taticamente. Tenho jogadores inteligentes, que souberam interpretar bem o adversário. Jogámos com qualidade e os próprios jogadores do Braga acabaram por dizer que o jogo podia ter caído para qualquer dos lados.

Assumimos o jogo nos últimos instantes, encostámos o Braga ao seu último terço, tivemos oportunidades para concretizar, foi um jogo bem conseguido da minha equipa, intenso.

Os jogadores continuam a acreditar na ideia de jogo, parabéns para eles, que estão a formar um grupo fantástico, de amigos.

Não foi o resultado que queríamos, a nossa intenção é vencer sempre, mas pela entrega e qualidade dos jogadores estou contente”.

Comentar

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais I Liga