Redes Sociais

I Liga

“Sonho ser campeão nacional até 2021”

Foto: Divulgação / SC Braga

O treinador Abel Ferreira disse hoje que “o SC Braga tem o sonho de ser campeão nacional” de futebol até 2021, mas alertou para a realidade e recursos do clube minhoto, atual terceiro classificado da I Liga.

Durante a semana, numa visita a uma escola do concelho, o médio Fransérgio disse que havia objetivos internos que, um dia, talvez Abel Ferreira desvendasse e o técnico foi questionado sobre se existe a meta de lutar pelo título, mas não o assume publicamente.

“Vocês sabem qual é o nosso sonho e podem escrevê-lo quando quiserem: o Braga tem o sonho de ser campeão até 2021 [ano do centenário do clube]. Ponto. Agora, os objetivos foram definidos no início da época e são claros [ficar nos quatro primeiros lugares], mas sabem qual é a nossa realidade e os nossos recursos”, disse.

No sábado, o SC Braga recebe o Moreirense, sexto classificado, que leva três vitórias seguidas no campeonato, uma delas na Luz, frente ao Benfica (3-1).

“Tem sido essa a nossa sina, apanhar as equipas nas suas melhores fases, foi o Sporting, o FC Porto, o Rio Ave, mas para nós, todos os jogos são oportunidades e desafios, porque cada vez é mais difícil vencer nesta liga muito competitiva”, disse hoje na antevisão da partida.

O técnico dos bracarenses admitiu que o triunfo do Moreirense no Estádio da Luz evidencia a “mais valia” da equipa orientada por Ivo Vieira.

“É uma equipa com bons jogadores, muitos deles oriundos de equipas grandes, que sabem muito bem o que fazem, muito bem orientada e com uma forma de jogar muito positiva e atrevida”, disse.

Abel Ferreira disse que os seus jogadores estão “preparados e alerta para as dificuldades” que vão encontrar, mas também avisou o Moreirense.

“O adversário também sabe que deste lado está uma equipa com uma identidade muito forte e só com um objetivo: jogar de forma competitiva e comprometida em busca da vitória”, disse.

O médio defensivo Loum, jogador emprestado ao Moreirense pelos ‘arsenalistas’, é baixa nos ‘cónegos’, e a época que está a fazer mereceu uma avaliação muito positiva de Abel Ferreira.

“O Loum foi uma grande decisão de toda a estrutura do Sporting de Braga, conheço-o muito bem e, na vida, é mesmo assim, as oportunidades não se esgotam num só clube, entendemos emprestá-lo e ele tem tido um crescimento muito interessante, num clube certo, com pressão q.b., está a fazer uma época fantástica, mas o adversário vai continuar firme porque tem uma identidade forte”, disse.

O Vitória de Setúbal é o adversário do SC Braga nos oitavos de final da Taça de Portugal, mas Abel Ferreira frisou que, independentemente do adversário que o sorteio ditasse, o objetivo do clube “é chegar até à final”.

SC Braga, terceiro classificado, com 21 pontos, e Moreirense, sexto com 16, defrontam-se às 20:30 de sábado, no Estádio Municipal de Braga.

Comentar

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais I Liga